Arriscar-se



"Rir é arriscar-se a parecer louco.
Chorar é arriscar-se a parecer sentimental.
Estender a mão para o outro é arriscar-se a se envolver.
Expor seus sentimentos é arriscar a expor seu eu verdadeiro.
Amar é arriscar-se a não ser amado.
Expor suas idéias e sonhos ao público é arriscar-se a perder.
Viver é arriscar-se a morrer.
Ter esperança é arriscar-se a sofrer decepção.
Tentar é arriscar-se a falhar.
Mas...é preciso correr riscos.
Porque o maior azar da vida é não arriscar nada...
Pessoas que não arriscam, que nada fazem, nada são.
Podem estar evitando o sofrimento e a tristeza.
Mas assim não podem aprender, sentir, crescer,
mudar, viver...Acorrentadas às suas atitudes, são escravas;
Abrem mão de sua liberdade. Só a pessoa que se arrisca é livre...
Arriscar-se é perder o pé por algum tempo?. Não arriscar é
perder a vida..."

4 Comentários:

ॐ Camila Anastasi 7 de maio de 2010 07:39  

Arrisco tantas coisas que estou longe do meu país.
Foi uma liçao dura, e que eu me arrependeria muito se tivesse perdido ela por medo.

Hoje estou feliz por sempre pular de cabeça!!!

Camila Ingrid /Cerejinha 7 de maio de 2010 16:11  

estamos sempre sendo jogados a vias duplas, onde arriscar é inevitável. e mesmo quando se pensa que não se esta arriscando nada, você esta arriscando deixar de conseguir simplesmente porque não arriscou!
ah flor eu acho que ta normal pra seguir meu blog. mas tenta novamente outra hora ok. beijos

Postar um comentário

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital