A partir das três eu começarei a ser feliz.


No início você sentará um pouco longe de mim, assim, na grama. Eu olharei para você com o canto dos olhos e você não dirá nada. As palavras são uma fonte de mal-entendidos. Mas cada dia você poderá se sentar um pouco mais perto... Se você vier, por exemplo, todas as tardes, às quatro, a partir das três eu começarei a ser feliz. Com o passar da hora, a minha felicidade vai aumentar. Quando chegarem as quatro horas, começarei a me agitar e a me inquietar; descobrirei o preço da felicidade! Mas se você vem a qualquer hora, eu não saberei nunca a que horas devo preparar meu coração... São necessários rituais.

Trecho de O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry.

1 Comentários:

Anônimo,  2 de agosto de 2011 18:29  

belo poema

Postar um comentário

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital