O amor.



O amor é torvelinho de pureza original 

Até o feroz animal sussurra seu doce canto
detém os peregrinos, libera os prisioneiros 
o amor com seus caprichos o velho torna criança 
e ao mau só o carinho o torna puro e sincero.

1 Comentários:

Barbara Nonato 14 de maio de 2011 09:30  

O amor, quando verdadeiro, possui esse dom de transformação mesmo.

Lindo!

Postar um comentário

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital